segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Adaptação de Fogão (Botijão X Gás de Rua)

Aproveitando que entrou o novo ano, e muitos falam de mudanças e coisas novas, algo que aconteceu comigo e que serve como dica a todos:

Eu mudei da minha casa para um apartamento há alguns anos, e levei junto meus eletrodomésticos, fogão, geladeira, televisão, livros, gibis, roupas, etc. da casa antiga para o novo lar.

Mas só depois de um ano e meio morando no novo espaço fiquei sabendo que eu precisava fazer uma ADAPTAÇÃO NO FOGÃO -- já que antes eu usava gás de botijão (ou bujão), e agora uso gás encanado de rua (via Congás).

Essa adaptação é para um bom funcionamento do fogão e eu, na minha ingenuidade e inexperiência em morar em apartamento, não sabia que era necessária: pensei que bastava usar uma mangueira reforçada (por isso que a chama do fogão era um "foguinho" na verdade -- bem que desconfiei que algo estava errado! Ainda bem que nada explodiu, graças a Deus).

Bem, eu tinha duas opções para resolver o assunto: ou pagar para a Congás ou pagar para GE (fabricante do fogão) fazer a tal conversão (uma terceira opção, eu mesmo comprar o kit e trocar sozinho, estava fora de questão). Optei pela GE, mesmo o aparelho estando fora da garantia há anos, ainda ficou mais barato que a Congás (ficou em R$160 na época).

O técnico da autorizada esteve aqui em casa e trocou quatro rebimbocas de parafuseta do fogão, uma para cada boca do fogão. Eis uma delas:





Obviamente, guardei as peças que foram substituídas: pois, um dia, eu posso voltar a morar em casa sem encanamento de rua, e precisarei das peças adequadas ao gás de  botijão de novo -- daí, quando isso ocorrer, pagarei apenas a mão de obra pela troca.(ou eu posso guardar as peças para fazer um robô como a figura abaixo):


Se não estou enganado, dois detalhes interessantes que percebi:

1) nas lojas sempre será vendido um modelo de fogão próprio para bujão, e não para gás de rua (logo, mesmo comprando um novo, a conversão será sempre necessária);

2) gás de rua não significa gás encanado. De repente um prédio ou condomínio de casas  pode ter gás encanado, mas com uma central própria, ou seja, não é beeeem um gás de rua. Logo, se entendi direito, a configuração de fogão para esse caso seria para botijão mesmo, e não para gás de rua.

E mais um detalhe, que um colega me deu a dica: "No caso de você comprar um fogão novo, a primeira adaptação é coberta pela garantia e efetuada pelos técnicos do fabricante de forma gratuita!".

Ah, se fogão fosse como computador PC com Windows: bastava formatar ou mesmo dar um Ctrl+Alt+Del e reiniciar o bicho, se ele desse pau! Hahahah!


Abraços e até a próxima!

Leandro M:-D>
12jul11/12dez11
"Lamentar aquilo que não temos é desperdiçar aquilo que já possuímos."  (Provérbio Chinês)
np – Hino de São Bernardo do Campo


20 comentários:

  1. custo da brincadeira?

    ResponderExcluir
  2. Oi MD! No caso de você comprar um fogão novo, a primeira adaptação é coberta pela garantia e efetuada pelos técnicos do fabricante de forma gratuita!

    Abraços,

    Fábio

    ResponderExcluir
  3. Paguei R$160 na época! Atualizei texto do blog com o valor e a dica do Fabio!

    ResponderExcluir
  4. Veja um site que explica algumas coisas bem interessantes:

    http://www.eletrodomesticosforum.com/blog/componentes-dos-fogoes

    ResponderExcluir
  5. Muito bom e útil post, além de engraçado!

    ResponderExcluir
  6. Que bom que o post está ajudando as pessoas...

    ResponderExcluir
  7. Muito util obrigada!
    E o site tem umas coisas engracadas tambem

    ResponderExcluir
  8. Mto útil mesmo, me tirou várias dúvidas! E apoio fortemente a montagem do robô, haha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Fi, muito obrigado!

      Sim, só preciso de alguém de mecatrônica ou robótica para juntar as peças agora, haha!

      Excluir
    2. Falando em "robôs", outro dois que tenho aqui no blog, heheh:

      http://leandromd.blogspot.com.br/2013/01/robozinho-na-sala-de-espera.html

      e

      http://leandromd.blogspot.com.br/2011/06/lapso-temporal-4-desenhando-um-robo.html


      Excluir
  9. Me salvou R$ 297,17. Quase fui roubado pela Comgás, se não tivesse visto que a garantia cobre a conversão. Serei eternamente grato, hehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha ajudado!

      Por favor, compartilhe o blog, também agradeço! ;-)

      Excluir
  10. Ai amore bem que essa funcionalidade no fogão (Ctrl+Alt+Del) poderia já ter sido implementada né? Ou talvez o Ctrl+Z para desfazer a operação rsrsrs.

    ResponderExcluir
  11. hahah! Ctrl+Z para voltar de encanado para botijão! rsrs

    ResponderExcluir
  12. Leandro!
    Gostei muito dos seus comentários, e esclareceu bem as dúvidas que eu tinha sobro o assunto.
    Só não entendi porque o robô apresenta 5 rebimbocas . O fogão não era de 4 bocas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Naomi.

      Sim, 4 bocas. Mas 4 bocas + 1 forno! :-)

      Excluir
  13. Parabéns pela postagem e bom humor!! :( Achei que nós mesmo poderíamos fazer a conversão no melhor estilo faça vc mesmo... muito chato depender dos outros... fico aqui encarando esse fogão novinho com uma revoltasinha queimando meu estômago (além da fome por estar sem fogão!!!) Acho que ele me devolve a ira com um "sabe de nada inocente!!". Vou ligar para a garantia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, obrigado!!

      Pois é...ficamos amarrados mesmo!

      Com microondas não acontece nada nisso, rsrs -- (o máximo que pode acontecer é como aconteceu com um amigo meu, que comprou sem querer um 220V ao invés de 110V, e teve que adaptar uma tomada em casa...)

      Abraços e boa sorte!

      Excluir