segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Bilhetes de Metrô, Trem e afins - outros países

Outro dia postei alguns bilhetes de São Paulo, tanto do Metrô, como dos trens da CPTM e troleibus da EMTU (cliquem aqui para relembrar). Hoje temos aqui alguns bilhetes internacionais:


Metrô de Buenos Aires, Argentina.
Notem que os bilhetes tem anúncios nele, 
inclusive uns do filme Toy Story 3.


Metrô de Bruxelas, Bélgica.

Interessante que a "catraca" como conhecemos no Brasil 
muitas vezes não existe nas estações belgas, 
só o scan validador (como na figura do verso do bilhete acima); 
e isso pode gerar viagens gratuitas sem querer pelos desavisados 
(principalmente turistas).

Outra coisa interessante foi ver linhas de metrô compartilhando 
o mesmo trilho em alguns trechos.
Ou seja: em determinadas plataformas, 
vemos passar na mesma plataforma, no mesmo trilho, 
mais de uma linha diferente. 
Logo, o usuário deve ficar atento sobre qual trem ele deve pagar.
Fazendo uma analogia sobre nossos ônibus de rua, 
não é isso que acontece em grande parte dos pontos?
Ficamos esperando uma entre várias opções 
que passam naquele mesmo ponto, trafegando na mesma rua ou avenida. 
A ideia é a mesma...


Metrô de Londres, Reino Unido.

Interessante que vem também uma espécie de recibo 
(não válido para viagem, "not for travel");
achei desperdício de papel.

Falando em desperdício: 4,50 libras para uma 
viagem de metrô curta (dentro da Zona 1) é muita grana, quase 20 reais!

Metrô de Roma, Itália.

A cidade só tem duas linhas de metrô, e estão "tentando" construir a terceira.
Por que "tentando"?
Pois vira e mexe quando eles escavam para a construção 

dos túneis subterrâneos e novas estações, 
acabam achando uma ruína antiga desconhecida (tipica de Roma)!!
Legal, não?



Metrô de Lisboa, Portugal.

Detalhe interessantíssimo: 
Assim como o metrô de Londres, 
eles necessitam que você passe o bilhete na catraca antes e depois da viagem.
Motivo? 

Imagino que seja para coibir o pessoal de pular a catraca, de entrar sem pagar. 
Pois, na saída, o cara tem que provar que entrou na estação de forma lícita.
(ou seja: o cara tem que ser muito malandrão 
para pular a catraca na entrada E TAMBÉM na saída!)


Metrô de Madri, Espanha.

Algumas estações com acessibilidade zero!
Andar como pessoas idosas é meio complicado em algumas estações,
por causa da quantidade de escadas dentro da estação; 
inclusive os corredores que passam por cima do túneis dentro das estações
são bem estreitos e têm escadas "contornando" a curvatura do túnel...
Pessoas cadeirantes, nem sei como fariam. 


Metrô de Paris, França.

Como em Londres, a rede é super complexa, 
deixando o usuário com algumas escolhas a mais para traçar seu trajeto.

Outra coisa diferente que é vista por lá:
pessoas dormindo nas estações, muitas vezes mendigos e pessoas sem-teto...


Trem entre Edimburgo, Escócia, e Londres, Inglaterra.

Praticamente o Trem de Hogwarts, do Harry Potter!
Mesmo porque ele pára na Estação King's Cross, 

a mesma que tem a plataforma 9 3/4 na mitologia do personagem.


Trem entre Madri e Toledo, Espanha.

A conexão entre a antiga e a atual capital da Espanha. Muito bacana!

E interessante que, assim como acontece com os vôos, 
é necessário fazer um check in e passar pelo detector de metais.
(o que deixa frustadas muitas pessoas que visitaram Toledo 
compraram punhais, espadas, clavas e outras armas medievais 
na cidade turística.)


Trem entre estação Roma Termini e Aeroporto Fiumicino, também em Roma.

Mais rápido do que ir de ônibus, e acho que mais barato do que ir de táxi. 
Acho que vale a pena por conta do trânsito da cidade, que é meio caótico. 
Falta um desses aqui em São Paulo e Guarulhos...

Sobre o bilhete, basta comprar nas máquinas de auto-atendimento na Termini. Muito prático.

Detalhe: antes de embarcar no trem, não se deve esquecer de 
validar o bilhete nos sensores que ficam na própria plataforma.

Abraços, boa viagem para quem for viajar e até a próxima!
Leandro M.D.
jan2014
"No fundo de um buraco ou de um poço, acontece descobrir-se as estrelas." (Aristóteles)
np – The Human Beinz - Nobody but me

8 comentários:

  1. Boas dicas ! Valeuu !!

    ResponderExcluir
  2. Aguardamos relato do World Bike Tour! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, vou ver se consigo escrever algo se der tempo, mas dá até raiva de relembrar o evento.

      Por sorte (sorte mesmo), consegui a bicicleta, e em um tempo não tão ruim -- mas muitas pessoas, não!

      E, obviamente, peguei a magrela e fui embora! Antes de começar a "largada", eu já estava em casa, pois eu tinha outro compromisso....

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Obrigado!! :-D

      Se eu tivesse mais tempo (e, principalmente, mais experiência como o Sr.Samba no "Perdido do Mundo" http://sambamantri.blogspot.com.br/, rsrs) colocaria mais dicas e experiências de viagem aqui! ;-)

      Mas sobre colocar DICAS, o problema é que algumas dicas perdem a "validade" depois de algum tempo (por mudanças políticas e econômicas, evoluções tecnológicas, fechamento de comércios, alterações de leis etc.), e prefiro não "dar dicas",e sim "compartilhar experiências". :-)

      Bjs

      Excluir